VEREADORES DEFENDEM ATENÇÃO ESPECIAL ÀS FREGUESIAS RURAIS


Os vereadores do PSD eleitos pela Coligação Acreditar no Faial manifestaram, na última reunião de câmara, realizada na Praia do Norte, diversas preocupações relacionadas com as freguesias mais pequenas do concelho, que necessitam de um investimento para que continuem a ser atrativas e, simultaneamente, mantenham a sua ruralidade, aspeto que caracteriza e enriquece as nossas ilhas. Num momento em que o PDM está a ser revisto há que acautelar este equilíbrio.

Os vereadores consideram que, não só a Praia do Norte, como as restantes freguesias de menor dimensão, necessitam de uma atenção especial para não reduzirem ainda mais a sua população e vida social.

“É urgente investir mais na zona de lazer e dar maior qualidade e segurança aos residentes e visitantes”, afirmou Estêvão Gomes, vereador natural daquela freguesia.

A Rede viária da freguesia continua em mau estado apesar de estar previsto investimento na rua da arramada para 2021, o que é um pequeno mas importante passo no investimento nesta área na freguesia, defendem os vereadores.

É também importante olhar para as ribeiras, nomeadamente na limpeza e manutenção, que a lei atual atribui como competência dos municípios dentro das localidades.

Carlos Ferreira, Estêvão Gomes e Sandra Goulart entendem que é urgente melhorar a rede de recolha de lixo, nomeadamente nos plásticos agrícolas e na recolha de verdes e matéria orgânica.

Os vereadores da oposição defendem que é necessário prestar especial atenção aos idosos e ao envelhecimento com qualidade, e continuar a apoiar as respostas sociais de proximidade, como é o caso da Casa do Povo da Praia do Norte.

Os vereadores defenderam ainda a importância em manter as escolas de proximidade, nomeadamente as escolas básicas, contrariando a política atual de concentração em grandes centros, que o governo socialista tem patrocinado.

A vereação manifestou também preocupação com o estado dos trilhos, que dão boa imagem das nossas ilhas, existindo falhas na limpeza e manutenção dos trilhos, que obrigam as juntas de freguesia a ter que se chegar à frente com o apoio e recursos do município, apesar de não ser das juntas essa responsabilidade.

Os vereadores realçaram ainda a preocupação manifestada pelos agricultores quanto à falta de investimento e de assunção de responsabilidades, quer do município, quer do governo regional, na beneficiação e manutenção dos caminhos de acesso às explorações. A vereação da coligação defende que esta tarefa deve ser assumida e financiada, em articulação com todas as entidades, governo regional e município, mas também pelos empresários agrícolas que não se devem demitir do seu papel nas roças das testadas das suas terras.

85091577_812678189221871_9079282661532368896_n